quinta-feira, 2 de setembro de 2004

DOS FILHOS

PATY
FELIZ ANIVERSÁRIO

DOS FILHOS
Gibran Khalil Gibran
(1883/1931)

E uma mulher que carregava o filho nos braços disse: ?Fala-nos dos filhos.?
E ele disse:
Vossos filhos não são vossos filhos.
São filhos e filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E, embora vivam convosco, a vós não pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos,
Pois eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã, que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis faze-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.
Vós sois o arco dos quais vossos filhos, quais setas vivas, são arremessados.
O Arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com Sua força para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria:
Pois assim como Ele ama a flecha que voa, ama também o arco, que permanece estável.



Paty,

Desde que você era pequena eu te confidenciava que nossa relação seria um laboratório, pois eu não aceitava transmitir a educação pontilhada de preconceitos que eu recebi, mas também não sabia o que te ensinar, então aprenderíamos juntas.

Hoje sei que você tem garra, é uma mulher forte e há de achar o seu caminho.

Nesses 26 anos já fui teu ombro e você o meu e quando essa química mágica acontece temos certeza que no nosso lado existe uma Amiga.

Brigamos e nos beijamos ao longo da vida e isso é normal numa relação, mas o mais importante é que você continue acreditando que se "a manada de elefantes vier de encontro a você, protejo sua vida com a minha".

Eu te amo,
Mamãe

1 comentários, falta o seu:

Lua Nua disse...

?

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...