domingo, 7 de março de 2010

DIVÃ

Minha filha passou o carnaval no RJ, na ida (pra variar) deu "crenca" no voo e ela teria que ficar horas no aeroporto. Pra não entediar comprou um livro. Chegou de viagem toda glamurosa e alegrinha (mas também, quem não chega assim depois de zoar uns 10 dias pelo RJ (eu discordo, sou carioca o suficiente pra não gostar de calor, nem violência e não aceitar que o RJ tem "dono")? Como eu ia falando, ela chegou esticando o braço com um livro na ponta dos dedos, Divã.
- Mãe, o livro é tão bom que li quase todo antes do voo!

Tô lendo. E não é que o livro é tão bom que além de estar terminando ele, achei o filme na net e já vi?!?!?! Tá bom, tá bom! Os certinhos, quadradinhos, corretinhos vão me crussificar porque não vi o filme no cinema e nem aluguei o DVD, mas sou pela net livre, sou anarquista (GRAÇAS A DEUS!!!!).

Mas voltando ao papo... Acho que o ser humano só tem duas escolhas: Ou paga um analista e toma fluoxetina - pra mascarar a merda de vida que tem em felicidade - ou abre um blog.

Eu, como tenho blog desde 2002...

Nada a declarar!

1 comentários, falta o seu:

Fátima Gaya disse...

Oi Lua,
também tenho um blog e é la que faço minha terapia. rs.
Hoje estou aqui para te felicitar pelo dia da Mulher, embora tudo seja marketing.
Saudades, um beijo,
Fátima

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...