sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

ÍNDIO DO URUGUAI

Arnaud Rodrigues

Eu conheci um velho índio do Uruguai
Que há muito já foi onde a gente nem sabe se vai
Conhece a vida traz prá frente e frente prá traz
Andou nos caminhos do vem, nas veredas do vai
Eu aprendi com o velho índio do Uruguai
Que a vida é de quem corre menos em busca do mais

Disse que o mar, para na areia
Me disse que a alma é mais branca naquele em que a carne é mais feia.

Eu Conheci um velho índio do Uruguai
Que fez e que faz coisas índias que o branco não faz
Me disse que a Estrela-d'alva assim que sai
É hora de falar ao Filho em nome do Pai

Disse que o mar, pára na areia
Me disse que fome de amor só o amor é que serve de ceia.





NOTA DA LUA NUA: Não sei porque, mas quando ouvi essa música me lembrei do Will Bill e sua alma indígena.

1 comentários, falta o seu:

Mariposo Blog disse...

Muito linda essa letra :0
As contradições ficaram ótimas :)

bjs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...