domingo, 6 de junho de 2010

PERDA

Um dos meus leitores mais antigos pediu versos meus para enfeitar o blog. Acho que já fui bem melhor nisso, mas um pedido do Maurício é quase uma ordem, então lá vai:

PERDA
Lua Nua

Essa dor nunca passa
Apenas vemos um dia
Que ficamos mais fortes
E ela se distanciou

Mas nunca passa
Como jamais passará
O amor e o carinho espalhados
Os risos dados
Os abraços trocados
Os beijos estalados
Os momentos compartilhados

Nada passa
E para parar de doer
Tudo guardamos
E caminhamos...


Não sei se é gripe ou alergia, então volto amanhã porque hoje não dá pra conversar direito. Aaaaatchim!

2 comentários, falta o seu:

Ralf e Pri disse...

seus versos são lindos
ultimamente tambem estou tendo a impresão que ja fui bem melhor nisso, faz meses que nao escrevo poesias =/

Pri.

http://chibiquimera.blogspot.com/

Anônimo disse...

Cara Lua Nua,
Boa Tarde,
Estou visitando seu blog, não posso atestar de que é a primeira vez que vejo seu trabalho, pois há alguns anos fui apresentada a algumas obras pela Corina, sua amiga de Teresópolis, porém nesta revisita confesso que fiquei bastante interessada pelo conteúdo geral do site.
Costumam dizer que sou poeta, não sei, eu digo apenas que sou Bruna Matos, se cometo poemas ou não, se sou poeta, contista, cronista, vai saber, neste quesito não me rotulo.
Se quiser e puder, também mantenho um blog, está um pouco desatualizado, mas tem coisas de mestres da poesia por lá: www.flordosborgias.blogspot.com
Um abraço, e, parabéns pelo trabalho,
BM.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...